Com quantos pontos perde a CNH?

Escrito na categoria "Notícias sobre o trânsito" por André M. Coelho.

Muitos países tem algum tipo de sistema de pontos de violação de tráfego. Esses sistemas são projetados para incentivar uma boa direção punindo as pessoas que não dirigem com segurança. As regras exatas são diferentes em todos os países, mas você não quer pontos de carteira de motorista, não importa onde você mora.

Neste artigo, forneceremos mais detalhes sobre os sistemas de pontos na carteira nacional de habilitação, incluindo como você recebe pontos, o que acontece quando você recebe muitos, e como se livrar deles.

Com quantos pontos perde a CNH?

Os critérios de pontuação na CNH não dependem apenas da pontuação. Está também relacionado aos tipos de infração que a pessoa cometeu.

Limite de 40 pontos para o motorista que não cometeu nenhuma infração gravíssima.

Limite de 30 pontos para quem cometeu uma infração gravíssima.

Limite de 20 pontos para quem cometeu duas infrações gravíssimas.

Como funciona o sistema de pontos da CNH?

O objetivo dos sistemas de pontuação de carteiras de motorista é punir os motoristas que cometem regularmente infrações. Os países que têm programas de pontos usam pontos de carteira de motorista para rastrear o comportamento do motorista. Os pontos são adicionados ao seu registro quando você é pego quebrando as leis de trânsito. Esses pontos são removidos após um determinado período de tempo ou depois de ter sua carteira recolhida após estourar os pontos, e assim que refazer o processo para recuperar a carteira.

Como você recebe pontos na sua CNH?

A violação de qualquer lei de tráfego pode adicionar pontos à sua CNH. Cada país tem um sistema diferente para avaliar as penalidades, mas geralmente, quanto mais séria a infração, mais pontos você vai receber na sua CNH. A pontuação é a seguinte:

Gravíssima: 7 pontos no prontuário

Grave: 5 pontos no prontuário

Média: 4 pontos no prontuário

Leve: 3 pontos no prontuário.

Pontuação da CNH

Ao completar a pontuação da CNH, seu direito de dirigir acaba e significa a perda da carteira. (Imagem: Por Dentro de Minas)

O que significam os pontos na carteira de motorista?

A acumulação de pontos de carteira de motorista pode resultar em multas maiores e até mesmo suspensão da CNH. Ao completar todos os pontos máximos, de acordo com as pontuações acima, você poderá perder seu direito de dirigir. Você ficará por algum tempo suspenso, podendo ser um prazo superior a 1 ano, e terá de refazer todo o processo de obtenção da carteira de motorista.

Como remover pontos da CNH?

Existem duas maneiras que os estados removem pontos da CNH. A primeira é automaticamente, quando você completa um ano desde a infração, ela é removida automaticamente.

Se você está se perguntando como tirar pontos de sua CNH mais cedo, você precisará recorrer da multa ou transferir a infração para a pessoa que estava dirigindo o veículo no momento em que ela foi cometida.

A pontuação da sua carteira pode influenciar no seguro do carro?

A maioria das companhias de seguros tem sistemas de pontos que são separados dos sistemas de pontos de carteira. Porém, muitas empresas usam a pontuação da carteira de motorista para a pontuação do seguro do carro. Os pontos das infrações farão com que seu prêmio de seguro de carro suba. As classes que reduzem pontos de licença podem não afetar seus pontos de seguro – e vice-versa.

Como faço para descobrir quantos pontos eu tenho na minha CNH?

Você pode acessar seu registro de condução através do departamento de trânsito (DETRAN) de seu estado. Você pode consultar por telefone, pelo site, ou visitando o DETRAN pessoalmente. No site, basta ter os dados da sua carteira de habilitação em mãos para acessar as informações. Procure pela seção de consulta de habilitação.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas e iremos responder! Estamos aqui para ajudar!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário