Como calcular preço de pedágio? E combustível?

Escrito na categoria "Notícias sobre o trânsito" por André M. Coelho.

Se você estiver fazendo uma longa viagem pelo Brasil ou apenas cruzando as divisas estaduais, há uma boa chance de você se deparar com uma estrada com pedágio no caminho. A maioria dos estados tem estradas com pedágio, com as maiores concentrações de estradas com pedágio ocorrendo no sudeste, sul, e centro oeste do Brasil.

Além disso, os custos de combustível são também importantes em uma viagem, para que você calcule seus gastos corretamente e planeje melhor sua rota e não passe por problemas financeiros.

Como calcular preço de pedágio?

Ficar informado sobre quanto você gastará com pedágios está ficando cada vez mais difícil, já que mais estados e localidades em todo o país adotam o pedágio com valores diferentes, dependendo de como foi feita a licitação para aquele local.

Felizmente, os pedágios não precisam ser uma surpresa completa. Veja como ficar por dentro dos custos de sua viagem com uma calculadora de pedágio.

Cuidado com o pedágio no aluguel de carros!

Antes de mais nada, um aviso. Muitas vezes, as locadoras de veículos oferecem a opção de pagar pedágios por meio de transponders, mas não caia nessa, já que você acabará pagando taxas extras para usar o serviço além dos pedágios. O resultado final é que você está pagando mais pelos pedágios do que o necessário.

Existem essencialmente duas estratégias mais baratas. A primeira é tentar pagar o pedágio em dinheiro, mas isso está se tornando cada vez menos viável à medida que as estações de pedágio dependem cada vez mais de leitores eletrônicos em vez de cabines tripuladas.

A segunda estratégia mais inteligente é trazer seu próprio transponder de pedágio com você. Por exemplo, você pode trazer seu adesivo ou cartão com você em um carro alugado para uma economia significativa.

Não importa qual método você use, é crucial pagar os pedágios, já que pedágios ou passagens não pagas podem te dar problemas com a locadora de carros.

Lembre-se que dirigir em uma estrada com sistema de pedágio eletrônico sem dinheiro resultará em cobrança posterior da locadora em determinado ponto. Esses sistemas tiram a foto de uma placa e, em seguida, enviam uma fatura ao proprietário do veículo, que a locadora acabará repassando ao motorista. Portanto, não só você vai acabar pagando o pedágio de qualquer maneira, mas também vai pagar a multa por ignorar o pedágio e pagar uma taxa administrativa para a locadora de automóveis. Vai ser caro.

Preço de pedágio e combustível

Quando for viajar, não se esqueça de calcular os custos de pedágio e combustível para ter seus gastos sob controle. (Foto: UTA)

Melhores sites e aplicativos de calculadora de pedágio

Calculadora de pedágios de viagem da Mapeia: procurando uma calculadora ou uma maneira de estimar pedágios para uma longa viagem? O Mapeia é bem popular e gratuito calcula os preços do pedágio e do combustível para que você consiga planejar sua viagem. O aplicativo cobre todo o Brasil.

App de cálculo de pedágio Qualp: o aplicativo Qualp, mostra as opções de trajetos e possibilita que você escolha qual veículo vai usar na sua viagem, já que o pedágio tem custos diferentes. O programa possibilita também calcular o preço de combustível aproximado que será gasto na sua viagem.

Calculadora de pedágio das empresas de tarifas: empresas como a Sem Parar disponibilizam uma ferramenta para traçar rotas e calcular custos de pedágio e combustível para seu destino. É bem simples de usar, mas tome cuidado ao fazer o cálculo nestes sites, pois eles podem considerar apenas trajetos que tenham pedágios que aceitem o meio de pagamento oferecido por eles.

Calcular custo de pedágio manualmente

Você pode usar seu GPS ou Google Maps para saber quais pedágios estão na estrada que vai pegar e checar o preço manual de cada um deles. Pode ser necessário visitar o site das concessionárias responsáveis pelos trechos. Vai tomar mais tempo, mas é uma maneira de verificar manualmente as informações se os programas não estiverem funcionando bem.

Como calcular consumo de combustível em viagem?

Muitas pessoas presumem que uma viagem de carro é uma maneira mais barata de viajar, mas nem sempre é esse o caso. Depende dos preços atuais da gasolina e da quilometragem por litro do seu carro, então você deve sempre calcular o custo de sua viagem potencial antes de decidir desistir da passagem de avião.

Para fazer isso, você precisará saber o preço atual da gasolina, a quilometragem por litro que seu veículo faz na rodovia e a quilometrage que pretende dirigir na viagem. É realmente muito simples e você pode obter o resultado final em quatro etapas fáceis.

Passo 1: calcule a quilometragem por litro

A primeira coisa que você precisa fazer é pesquisar ou calcular a quilometragem por litro (km/l) que seu veículo obtém. Você pode fazer isso sozinho com matemática simples, pode usar uma calculadora online ou um app. No entanto, seu km/lreal pode variar dependendo do seu estilo de direção particular, por exemplo, se você prefere usar o controle de cruzeiro ou não. Você também pode tentar descobrir por si mesmo, anotando a leitura em seu hodômetro na próxima vez que abastecer o carro. Se você tiver um console computadorizado, também pode definir o hodômetro de viagem para zero pressionando o pequeno botão embaixo do hodômetro.

Depois de definir o hodômetro parcial ou anotar o número, dirija normalmente até que seja hora de encher novamente e observe a leitura do hodômetro ou as milhas no hodômetro parcial quando você o encher novamente. Subtraia a primeira leitura do hodômetro da segunda para obter o número de quilômetros que você dirigiu. Ou se você definir o hodômetro parcial para zero quando o abasteceu da última vez, esse número é o número de milhas que você dirigiu naquele tanque de gasolina. Divida esse número de milhas pelo número de galões que você acabou de comprar em sua segunda visita ao posto de gasolina, e isso dará a você suas milhas por litro.

Lembre-se de que sua quilometragem varia de acordo com o que você passa mais tempo dirigindo na estrada ou na cidade. Dirigir na cidade significa que você gastará muito tempo parando e dando partida, o que consome mais gasolina, então sua quilometragem será menor. Se você usar um galão inteiro de gasolina para dirigir apenas na rodovia, seu cálculo será mais preciso Seu estilo de direção também influencia no consumo.

Passo 2: pesquise a distância da sua viagem

Em seguida, você precisa calcular a distância total que percorrerá em sua viagem. Para isso, você pode usar um GPS ou Google Mapas. Insira seus pontos de partida e chegada, junto com quaisquer paradas ao longo do caminho, e anote o número de milhas que sua viagem irá cobrir. Certifique-se de verificar se a rota que está traçando é provavelmente a que você fará.

Se você está planejando uma viagem de vários dias, uma semana ou um mês, pode fazer algumas viagens paralelas ou desvios, de modo que seria impossível calcular a distância exata. No entanto, você ainda pode fazer uma estimativa bem fundamentada adicionando algumas viagens paralelas ao seu total; portanto, se decidir ignorá-las, você gastará menos dinheiro do que planejou. Anote a distância total que você estará dirigindo, mais o extra para possíveis viagens secundárias, ao lado do valor para km por litro. Cerca de 10% extra é uma boa margem de erro.

Passo 3: descubra o preço atual da gasolina

Para a terceira etapa, você precisa saber o preço atual da gasolna para manter o valor total o mais preciso possível. Não é possível saber o custo exato de um lietro de gasolina ou álcoll em um determinado momento em qualquer local porque varia muito entre os estados, mas saber o preço atual lhe dará uma estimativa confiável do custo total de combustível para sua viagem. Use sites, notícias, para tirar uma média. Ou use o valor mais alto que encontrar no seu trajeto para poder calcular.

Passo 4: some o seu custo de viagem

Pegue a quilometragem da distância total de sua viagem e divida-a por seus km por litro para obter o número de litros de gasolina de que você precisará em sua viagem. Em seguida, multiplique esse valor pelo preço atual da gasolina e o resultado é o custo estimado da gasolina para sua viagem.

Por exemplo, digamos que você dirigiu 320 quilômetros depois de abastecer o carro, definiu o hodômetro de viagem para zero e teve que retornar para abastecer novamente. No retorno ao posto de gasolina, você encheu o tanque com 38 litros de gasolina. Seu km/l seria então 320 km dividido por 38 litros, que é 8,42 km/l. Você está planejando dirigir 850 quilômetros em sua viagem e o preço médio da gasolina era R$4 no momento em que você verificou.

Para calcular a quantia total de dinheiro que você precisa para fazer um orçamento para sua viagem, divida 850 por 8,42 para obter o número de litros de gasolina de que você precisa, que é cerca de 101. Multiplique 101 por R$4, o que resulta em R$404 como o custo total da gasolina para sua viagem.

Some este valor ao valor do pedágio para os custos finais.

Não se esqueça de outros custos de viagem

O custo da gasolina é apenas um aspecto das despesas de uma viagem. Você também precisará levar em consideração hospedagem, refeições, mapas, pedágios e outros custos relacionados ao carro. Se você estiver viajando com amigos, você pode dividir o custo da gasolina, então sua taxa de transporte será ainda menor por pessoa.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário