Esqueça os turbocompressores, o óxido nitroso, os kits de suspensão e todos os outros itens rápidos. As duas maneiras melhores e mais baratas de acelerar o seu carro são um conjunto de pneus super pegajosos e uma séria atualização do motorista. Isso tudo não significa nada se você não tem pneus bons

O que é um pneu de alta performance?

Dependendo de você estar dirigindo em um circuito sinuoso de corrida de estrada ou em uma pista, um conjunto de pneus pegajosos pode valer 50, 100 ou até mais em potência. Os pneus escorregadios não permitem que um carro traduza sua vantagem de potência em força nas curvas e aceleração.

E a melhor forma de explicar um pneu de alta performance é com uma história do mundo real.

Aqui está um exemplo do mundo real de como funciona um pneu de alta performance: vários anos atrás, um amigo estava organizando um evento de velocidade em uma pista de teste. Ele conseguiu ser quase 3 segundos mais rápido por volta com um pneu de alta performance em um carro popular em relação a um carro de performance

O carro de performance desfrutava de uma vantagem de aproximadamente 40 hp. Sua suspensão era muito mais sofisticada que a do carro popular. Ambos os veículos eram os mesmos que modelos de fábrica, exceto gaiolas de proteção e cintos de segurança de seis pontos, e os pilotos eram testadores de pneus e pilotos profissionais. E meu amigo, mesmo com um carro pior, venceu a corrida.

Se você quiser ir mais rápido nas curvas, instale os pneus superiores antes de gastar dinheiro com modificações no motor e na suspensão.

O segredo para vencer o carro de performance? Os pneus do carro popular que meu amigo dirigia ostentavam um composto de piso quase idêntico a um pneu de corrida.

Pneu de alta performance

Um pneu de alta performance é necessário para veículos que são usados em situações mais exigentes. (Foto: Autoglym)

Diferença de pneus de performance com pneus normais

Uma empresa de pneus gasta cerca de US$1 milhão para desenvolver a borracha para um carros de performance. O resultado terá uma aderência inimaginável, cortará a água parada e dará ao motorista um amplo aviso de que está chegando ao limite de adesão.

O resultado: se você está procurando borracha de reposição para um veículo fabricado para o desempenho, os melhores pneus de desempenho máximo serão os que vieram no seu carro.

Dito isto, a aderência com pneus de equipamento original não atenderá às suas necessidades se esses pneus não foram projetados para o alto desempenho que você procura. Então não basta apenas que o pneu seja de performance, ele tem de ser de performance para a finalidade que será dada ao veículo

Terminologia para pneus de alta performance

Permita-me começar o que não fazer na sua pesquisa por pneus de performance: fique longe, longe dos pneus de todas as estações, até mesmo dos pneus de alta performance para todas as estações. Os pneus para todas as estações abrem mão da aderência em piso seco e úmido para tração em temperaturas mais baixas. Procure um pneu “verão” ou, mais precisamente, um pneu “três estações”.

O termo desempenho ultra alto indicava pneus que ofereciam a maior aderência. Não mais. Agora, alguns vendedores criaram termos para pneus com muito mais tração do que a antiga nomenclatura UHP. Máxima performance no verão é um avanço e, muitas vezes, um grande salto acima, os rotulados como UHP. Os pneus ainda mais pegajosos às vezes são chamados de verão de desempenho extremo.

Informações de pneus de alta performance: os jargões dos quaid você deve fugir

O governo exige que os fabricantes de pneus comparem seus produtos com um pneu de referência e depois auto-avaliem seus pneus com estimativas mínimas de quanto tempo eles durarão (desgaste da banda de rodagem), quanta aderência eles têm (classificação de tração) e as temperaturas que eles suportam. Você pode encontrar essas informações no pneu, na etiqueta removível e no site da empresa.

Qualquer pneu que um entusiasta considere é capaz de ganhar uma ótima classificação para tração, uma boa para temperatura e uma classificação normal para desgaste. Como um pneu renuncia ao desgaste doa banda de rodagem por aderência, os pneus de desempenho geralmente duram não mais que quatro vezes o comprimento do pneu de referência, que é o que significa a classificação de desgaste.

É importante saber o que tudo isso significa, mas não coloque muita esperança nessas classificações. Por um lado, o fabricante de pneus é livre para dar a seus pneus uma nota mais baixa. Você pode ver o mesmo pneu hipotético discutido acima pode ser classificado como ótimo para tração, normal para temperatura e ruim para desgaste. E, frequentemente, essas classificações não são consistentes nem em um único fabricante. Eles são uma medida não confiável.

A largura nominal do piso, a relação de aspecto e a classificação de velocidade de um pneu aparecem na descrição e na parede lateral do pneu. Considere um pneu com a etiqueta 245/45R17. A largura da seção é a 245 (milímetros). A proporção é de 45 – significa que a parede lateral do pneu é nominalmente 45% mais alta que a banda de rodagem. A classificação de velocidade é uma letra precedida por um número: Um exemplo “88Y”. O 88 é uma avaliação de quanta carga os pneus transportarão.

Quase todos os pneus que um entusiasta consideraria ganharão um Z (capaz de sobreviver a velocidades de pelo menos 230 km/h), um W (até 270 km/h) ou um Y (até 300 km/h). Novamente, esta é uma estimativa segura. Isso não significa que um pneu com classificação Z estoure em 230 km/h. Na verdade, ele pode sobreviver a até 320 km / h.

Como escolher pneu de alta performance?

Agora que você sabe disso, esqueça-o com o objetivo de encontrar um pneu aderente. Aqui está o que você deve olhar:

1. Marca

É difícil dar errado com a Bridgestone, Michelin, Pirelli, Yokohama, Goodyear ou similares. No entanto, algumas das marcas menos conhecidas, especialmente as da Coréia do Sul, produzem pneus muito bons. Seguir um caminho diferente das fabricantes tradicionais é como investir em uma empresa desconhecida: use dinheiro que você não se importa de perder.

2. Alcance os limites

Tudo o resto é igual, o pneu mais alto e mais largo colocará mais borracha no chão. Mas se é isso que você procura, talvez não o encontre nos materiais das empresas de pneus, que publicam tamanhos e diâmetros “nominais”.

Muitas indústrias permitem que os pneus caibam em uma janela de tamanho e depois publica o “tamanho teórico que pode variar do tamanho real”. Mas não confunda isso com tolerância de produção. Os pneus de desempenho estão quase sempre no canto superior da janela permitida, perto do limite do que o corpo de controle do pneu permite.

Usando o exemplo anterior de um pneu 245 / 45R17, um pneu com desempenho sério seria um pouco maior que 245 milímetros, com uma parede lateral mais alta que 45% de 245 e um diâmetro geral maior que os 25,7 polegadas publicados na folha de especificações. Para encontrar o pneu de desempenho que você deseja – aquele que cutuca o limite superior do que o seu carro pode usar – talvez seja necessário tirar a fita métrica antiquada.

3. Pesquise

Talvez você precise ligar para a empresa de pneus para confirmar qual é o melhor pneu para sua necessidade muito específica. Encontre um número do SAC e converse sobre o produto.  Além disso, verifique as avaliações dos clientes nos sites dos grandes vendedores de pneus da Internet – mas tenha cuidado com o que lê. É um bom lugar para encontrar informações úteis de pessoas que resolvem o mesmo problema, mas também pode hospedar muitas informações erradas de compradores que não são especialistas.

4. Leve-o para a pista

É improvável que a maioria dos motoristas, além daqueles que possuem ou possuam uma licença de corrida, possa tirar o máximo proveito dos pneus de verão com desempenho máximo e muito menos borracha de verão com desempenho extremo. E é certamente imprudente – tornar isso estúpido – tentar encontrar o limite de pneus de desempenho nas vias públicas. Se você tem esse tipo de necessidade de velocidade, leve-o para a pista.

Enquanto estiver lá, veja em que tipo de borracha os pilotos do meio do grupo estão usando, especialmente se você está pensando em participar de um dia de corrida. Por quê? Os pneus de desempenho extremo mais rápidos são pneus de corrida completa, disfarçados de pneus de tráfego normais. Na lateral, eles dizem que não se destinam ao uso em rodovias. Esses pneus geralmente não perdoam erros de principiantes. No entanto, os participantes do segundo nível nos autocross e nos track days geralmente têm pneus que trocam a aderência máxima pelo perdão de pequenos erros de direção. Apenas saiba que o uso pesado em pistas castigará os pneus de rua.

Ficou alguma dúvida sobre pneus de alta performance? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)