A labirintite é um problema de saúde que pode prejudicar consideravelmente sua capacidade de se equilibrar. Na direção de um veículo, pode ser perigoso ter uma crise de labirintite, o que pode levar a um acidente.

Mas será que é perigoso assim mesmo? Tenho o direito de dirigir tendo labirintite? Vamos entender.

Quem tem labirintite pode dirigir?

Você não deve dirigir se tiver sintomas de labirintite ou neurite vestibular, como tontura e vertigem. Você também não deve operar máquinas. Isto é para sua segurança e a segurança de outras pessoas.

Você não precisa informar ao DETRAN se tiver labirintite ou neurite vestibular. Porém, você precisará fazer os exames médicos apropriados, que darão as informações sobre seus sintomas e também verificarão se é possível ou não que você faça a direção de um veículo. Isso possibilitará que você saiba se é ou não seguro dirigir com sua condição de saúde.

Crise de labirintite e a direção: o que fazer?

A recomendação médica é que você pare imediatamente de dirigir quando tiver uma crise de labirintite ou quando estiver para ter uma. Desta maneira, você pode evitar possíveis acidentes.

Pessoas que tem labirintite não devem dirigir sem um horizonte natural definido, tomando cuidado em curvas com aclive e declives, e em condições onde a visibilidade é reduzida. Em situações de névoa, neblina, ou nuvens na estrada, é importante evitar a direção. O efeito de miragem de dias quentes, as “ondulações” na estrada (chamado de espelhismo) deve evocar ainda mais cuidado de quem tem labirintite. Estadas com muitas curvas também podem ser perigosas, e todo cuidado aqui é pouco.

Dirigindo com labirintite

A labirintite pode prejudicar sua direção e atrapalhar na hora de manter você e seus passageiros seguros. (Foto: YouTube)

Minha carteira de motorista será afetada se eu tiver labirintite na direção?

Não há qualquer limitação vigente na nossa legislação para a direção mesmo tendo labirintite. Há projetos de lei que querem obrigar as pessoas a informarem no exame médico para direção sobre condições como a labirintite. Porém, eles ainda estão em discussão.

A recomendação é que você comunique ao médico sobre sua labirintite e escute as recomendações do profissional que está fazendo seu exame para evitar problemas.

Preciso informar o seguro sobre a labirintite?

Sua companhia de seguros não precisa, por lei, estar ciente de sua condição. Caso a empresa saiba de sua condição, geralmente as companhias de seguros não podem mais recusar cobertura ou impor prêmios excepcionais, a menos que possam produzir evidências atuariais de que a condição em questão acarreta um risco comprovadamente maior. Se sua companhia de seguros deseja aumentar seu prêmio por causa de sua labirintite, vale a pena obter cotações alternativas.

Um resumo sobre a labirintite na direção

Você não é obrigado por lei a informar o DETRAN e a empresa que segura qualquer veículo que você dirige com labirintite. Contudo, é importante manter sua segurança e evitar dirigir durante crises para não causar acidentes.

Durante seu exame para a obtenção ou renovação da carteira, comunique ao médico sobre sua condição e as recomendações. Mesmo com medicamentos, pode não ser recomendável dirigir dependendo do grau de labirintite que você tem.

Esperamos que não tenham ficado quaisquer dúvidas sobre a direção para pessoas que tem labirintite. Se você tiver ainda alguma pergunta, consulte seu médico ou deixe nos comentários abaixo suas perguntas e iremos ajudar!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)