Problemas acontecem. Você deixou as luzes acesas e agora está preso com um carro sem bateria. Felizmente, você é um motorista bem preparado e mantém equipamentos de emergência em seu porta-malas, incluindo cabos de ligação em ponte. Você está pronto para dar vida à bateria do seu carro. Infelizmente, você está olhando para os estranhos cabos de chupeta se perguntando como essas criações estranhas vão levantar sua bateria dos mortos.

Ter o equipamento de emergência certo é um ótimo começo. Você também precisa saber como usá-lo. Então, aqui está o que você precisa saber sobre como fazer a chupeta em um carro.

O que você precisa para fazer uma chupeta de bateria?

Antes de recarregar e começar, você precisa de alguns princípios básicos:

Cabos de ligação em ponte

Fonte de energia – uma bateria de chupeta portátil ou outro veículo

Os cabos de ligação de chupeta são cabos longos e de espessura grossa, com clipes dentados em uma ou nas duas extremidades. Esses clipes são chamados de jacarés (porque se parecem com cabeças de jacaré). Os clipes são diferenciados por cores, geralmente vermelho e preto, para indicar polaridade positiva e negativa. O clipe vermelho é positivo. O clipe preto é negativo.

Bateria de chupeta – baterias portáteis usadas para dar partida em um veículo sem se conectar a outro veículo – são fornecidas com cabos de chupeta especiais. Esses cabos conectam a bateria de chupeta diretamente à bateria do carro sem bateria. A assistência na estrada geralmente usa uma bateria de chupeta ao ajudar veículos parados.

O que você precisa saber sobre a chupeta em baterias de carro?

As baterias de carro têm dois parafusos maiores, chamados terminais. Existe um terminal positivo e um terminal negativo. Cada um deve estar claramente marcado. A conexão dos cabos ao terminal correto é importante para completar o circuito e fornece energia à bateria descarregada.

Terminal positivo – o terminal positivo é geralmente o maior dos dois terminais. Está marcado com “POS” ou “+”. Ele será conectado ao clipe positivo no cabo de ligação da chupeta, que geralmente é vermelho.

Terminal negativo – O terminal negativo da bateria geralmente é marcado com “NEG” ou “-“. Isso será anexado ao outro clipe, que geralmente é preto.

Cuidados ao recarregar a bateria do carro com uma chupeta

LEIA O MANUAL DO PROPRIETÁRIO. Alguns carros não são recomendados para a chupeta  porque possuem circuitos sensíveis

NÃO FAÇA CHUPETA em baterias corroídas, rachadas, vazando ou visivelmente danificadas

NÃO FAÇA CHUPETA baterias congeladas

NÃO FAÇA CHUPETA em baterias secas

NÃO TOQUE OS CLIPES juntos. Isso é verdade quando conectado, mas adquira o hábito de nunca tocar os cilpes juntos.

Chupeta de bateria

Aprenda a fazer a chupeta em carro para quando sua bateria te deixar na mão. (Foto: RAC)

Como fazer a chupeta em um carro?

A chiéta de um carro geralmente é feito em outro carro, embora possa ser feito a partir de uma bateria de chupeta. Você conectará as baterias dos dois carros com os cabos de chupeta. Verifique se os carros estão na distância certa para que os cabos atinjam cada bateria. Puxe os carros para que estejam alinhados lado a lado ou de frente um ao outro.

Proteja a bateria doadora

Para garantir que o carro que doa uma carga (o carro doador) esteja protegido, tome estas precauções:

Combine o tipo de sistema de tensão da bateria doadora com a bateria descarregada a ser carregada. Por exemplo, um 6V e um 12V não devem ser usados ​​juntos.

Conecte os jacarés na ordem certa.

Verifique se a bateria do doador não está baixa.

A ordem da conexão (vermelho para o polo positivo do carro sem bateria, vermelho para carro com a bateria boa, preto para o polo negativo do carro sem bateria, preto para aterramento) reduz a chance de causar um curto-circuito na bateria boa.

Um teste rápido de que existe tensão suficiente para o doador, certifique-se de que o carro que está dando os faróis do carro que está dando a chupeta é estável e brilhante quando o carro é iniciado. Se os faróis apagarem, isso pode indicar que a bateria está fraca.

Passo a passo para dar partida em um carro sem bateria

VERIFIQUE AS BATERIAS: Verifique se a bateria que está dando o salto tem voltagem suficiente e é do tipo de sistema de voltagem correspondente (12V, 6V, etc).

CARROS PRONTOS: Coloque os dois carros em ponto morto ou em ponto morto, desligue as ignições e acione o freio de mão.

ABRA O CAPÔ de cada carro.

ANEXAR CLIPES JACARÉ aos terminais na seguinte ordem:

Vermelho para morto – Conecte o clipe vermelho ou positivo ao terminal positivo na bateria do carro morto.

Vermelho ao doador – Conecte o clipe vermelho, positivo, ao terminal positivo da bateria doadora do outro carro.

Preto para doador – Conecte o clipe preto ao terminal negativo do carro doador.

Preto para metal – Conecte o clipe preto a uma peça de metal não pintada do carro morto que não esteja diretamente ao lado da bateria. Um dos suportes de metal que mantêm o capô aberto é um bom lugar para prender o segundo clipe preto ou negativo.

INICIE O CARRO DOADOR, para que a bateria possa fornecer energia à bateria descarregada.

MARCHA LENTA no carro doador, permitindo que ele funcione por alguns minutos.

TESTE a luz interior do carro sendo iniciado. Se continuar, pode haver energia suficiente.

DÊ PARTIDA no carro morto.

Depois que o carro tiver dado a partida

Desaperte os clipes na ordem inversa em que os conectou:

O clipe preto no metal não pintado

O clipe preto do terminal negativo

Clipe vermelho do carro doador

Clipe vermelho da bateria do carro morto

Permita que o carro funcione sem parar por no mínimo 10 a 20 minutos.

E se o carro não dá partida após uma chupeta?

Se o carro morto não der partida após alguns minutos de alimentação, então:

Verifique as conexões e repita deixando o carro dar a chupeta.

Tente ligar o carro novamente.

Se o carro não der partida após várias tentativas, a bateria pode estar muito longe do ponto de partida.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)