Como testar vela aquecedora?

Escrito na categoria "Mecânica e manutenção de veículos" por André M. Coelho.

As velas aquecedoras garantem a partida do seu carro a diesel – não importa o quão frio ele esteja. Localizados em cada cilindro de seu motor, eles garantem que seu carro queima combustível com eficiência, com o mínimo de gases poluentes. Mas, o que você pode fazer se começar a suspeitar que suas velas aquecedoras não estão funcionando tão bem quanto deveriam?

Como você pode saber se suas velas aquecedoras precisam ser testadas?

Existem três sinais principais que mostram que você precisa testar e, possivelmente, substituir suas velas de incandescência:

1. Fumaça de escape branca

Se uma ou mais velas aquecedoras estiverem com defeito, isso permitirá que o diesel vaze para o tubo de escape. À medida que o escapamento aquece, o combustível vazado queima e produz fumaça branca do escapamento. Isso durará apenas alguns minutos após você ligar o motor.

2. Difícil de dar partida

Embora você ainda possa dirigir com uma vela aquecedora quebrada, achará extremamente difícil ligar seu carro assim que duas ou mais velas de incandescência apresentarem defeito, mesmo se o tempo estiver quente. É importante observar que um problema ao ligar o carro também pode ser um sintoma de um problema no sistema de combustível ou na bateria.

3. Potência do motor fraca

Além de dificultar a partida, as velas aquecedoras ruins dificultam o funcionamento suave do carro devido à combustão inadequada na partida, que reduziu a potência e a eficiência do motor.

Caso seja necessário testar a vela aquecedora, vamos mostrar como fazer isso com um testador ou com um multímetro.

Como testar velas aquecedoras com um testador?

É importante usar a ferramenta correta para testar as velas aquecedoras , pois usar a ferramenta errada pode danificar as velas de incandescência e o sistema de ignição. Recomendamos um testador de velas aquecedoras profissional, uma vez que testa velas aquecedoras de forma rápida e fácil, dando resultados claros sempre, independentemente da tensão que o seu sistema usa.

Os passos abaixo ensinam como testar as velas aquecedoras corretamente.

Vela aquecedora diesel

Quando a vela aquecedora do motor diesel apresenta problemas, ela pode prejudicar o funcionamento do motor. (Foto: PR Newswire)

Passo 1. Desconecte a vela aquecedora

A maioria das velas aquecedoras são instaladas nas cabeças dos cilindros e serão conectadas a um fio de calibre pesado. Remova todas as tampas que possam estar obstruindo o acesso à vela de incandescência. Em seguida, desconecte a bateria do carro e os fios elétricos conectados à vela de incandescência para evitar choque elétrico.

Passo 2. Teste suas velas aquecedoras

Conecte o testador à bateria com o condutor negativo (preto) e o positivo (vermelho). Em seguida, conecte o cabo azul à vela incandescente. O testador submete a vela aquecedora a um teste de 10 segundos em condições da vida real.

Passo 3. Resultados do teste de vela aquecedora

Os resultados são claros. Se a vela aquecedora estiver funcionando como deveria, o símbolo ‘OK’ e o indicador são acesos com uma luz verde. No entanto, se a luz de fundo for vermelha, a vela de incandescência está com defeito e deve ser substituída.

Passo 4. Repita o testa e substitua (se necessário)

Repita o teste para as outras velas aquecedoras do motor. Se uma vela aquecedora  precisar ser substituída, é recomendado trocar todas elas. E, lembre-se de testar todas as novas velas aquecedoras antes de instalá-las.

Teste caseiro de vela aquecedora

Uma vela aquecedora é essencialmente uma resistência e é testada da mesma maneira:

Desconecte o fio do plugue.

Remova o plugue.

Limpe a rosca do plugue para fazer um bom teste de conexão.

Use um ohmímetro para verificar a resistência entre a rosca e o conector.

A resistência deve ser inferior a 6 ohms ou mais. Pode ser muito pequeno (menos de 1 ohm).

Alta resistência ou resistência infinita indica uma vela ruim.

Sim, não há problema em substituir apenas os ruins. No entanto, se for um motor de alta quilometragem, você pode estar de volta sob o capô em uma semana substituindo outra vela ruim. Cabe a você decidir sobre o custo x mão de obra nessa situação. Muito disso depende de quão difícil é obter acesso até as velas. Certifique-se de testar as novas velas antes de instalá-las, no entanto.

Para trocar, siga o passo 4 acima.

Dúvidas? Deixem nos comentários suas perguntas!

Sobre o autor

Autor André M. Coelho

O pai de André já teve alguns carros clássicos antes de falecer, como Diplomata, Chevette e Opala. Após completar 18 anos, tirou carteira de moto e carro, comprando então sua primeira moto, uma Honda Sahara 350. Fez um curso de mecânica de motos para começar uma restauração na moto, e acabou aprendendo também como consertar alguns problemas de carros. Seu primeiro carro foi uma Nissan Grand Livina de 2014 e pretende em breve comprar uma picape diesel. No caminho, vai compartilhando tudo que aprende no site Carro de Garagem.

Deixe um comentário