Entender por que uma junta de cabeçote relativamente barata custa tanto para substituir significa primeiro perceber o que está entre elas. No bloco do motor existem pistões que se deslocam para cima e para baixo nos orifícios dos cilindros. Os pistões estão conectados às hastes, que por sua vez estão conectadas a um virabrequim giratório, do qual o veículo toma sua força. Aparafusada na parte superior do motor está o cabeçote do cilindro. Dentro do cabeçote do cilindro existem válvulas que abrem e fecham para permitir a entrada de ar e combustível nos cilindros e expelir os gases de escape gastos.

O que é a junta de cabeçote?

A junta do cabeçote é comprimida entre o bloco do motor e a cabeça do cilindro. A junta é vedada no processo de combustão interna e também evita que o líquido de arrefecimento e o óleo se misturem à medida que os dois fluidos viajam do bloco do motor para a cabeça do cilindro. As juntas dos cabeçotes não são muito caros, mas o que acaba custando muito dinheiro está em chegar até ela. Reparos nas juntas dos cabeçotes significam realizar a principal operação de remoção da cabeça de um motor.

Uma junta da cabeça pode falhar por vários motivos, nenhum deles bom. O superaquecimento do motor é o culpado mais popular. O metal do bloco do motor e da cabeça se expande além dos limites durante o superaquecimento. Essa expansão pode prender a junta da cabeça até o ponto em que ela falhará. As próximas principais causas de falha na junta do cabeçote são a pré-ignição ou detonação do motor.

O ponto crucial dessas duas condições é a combustão fora do tempo que ocorre nos cilindros. Supõe-se que a combustão interna ocorra com as duas válvulas fechadas e com o pistão no topo de seu curso de força. A combustão fora do tempo coloca pressão extra sobre as válvulas, pistões e junta da cabeça.

Ironicamente, o superaquecimento do motor também pode aumentar a probabilidade de pré-ignição e detonação. O som de um motor batendo é o som insidioso de dano.

Como colocar a junta do cabeçote?

A substituição da junta do cabeçote não é um trabalho para o profissional comum. Embora uma junta do cabeçote que expire devido à idade avançada seja rara, geralmente significa que todo o resto está desgastado até o ponto de substituição também. Abrir o cabeçote do motor e olhar para dentro pode revelar que todo o resto ficou totalmente cozido também.

A melhor maneira de evitar falhas na junta do cabeçote é manter o sistema de arrefecimento em perfeitas condições de funcionamento e garantir que o motor esteja afinado e funcionando corretamente. A falha de um termostato ou de uma mangueira de líquido de arrefecimento relativamente baratos pode causar milhares de reais em danos ao motor rapidamente.

Junta do cabeçote substituída

Substituir a junta do cabeçote é um trabalho árduo, mas pode ser necessário em algumas situações. (Foto: Euro Plus Automotive)

Passo a passo da troca da junta do cabeçote

A seguir, algumas dicas gerais para trocar uma junta do cabeçote. Para procedimentos de substituição de juntas de cabeçote específicas do veículo, consulte sempre um manual de serviço.

Etapa 1:

Descer até a junta do cabeçote pode ser um processo cheio de etapas . Sempre marque e indexe tudo antes da remoção. Nesse caso, foi mais fácil remover o coletor de escape, a cabeça e a entrada como uma unidade. Um manual de serviço é a primeira e mais importante ferramenta na caixa de ferramentas.

Etapa 2:

Verifique o cabeçote e o bloco quanto à planicidade. Uma aresta reta usinada em toda a superfície e o medidor do sensor revelarão tudo. O manual de serviço fornecerá especificações. Blocos ou cabeçotes fora da especificação devem ser enviados para uma retífica e serem reparados. A oficina também poderá verificar por rachaduras.

Etapa 3:

Prepare a superfície. Nunca use nada que remova o metal. Cuidado para não arranhar o convés do bloco ou a superfície de montagem da cabeça. Embora possa parecer uma boa ideia usar um esfregão conectado a uma ferramenta elétrica, as irregularidades de superfície criadas podem causar problemas de vedação no caminho.

Etapa 4:

Abra o parafuso de cabeçote ou os orifícios dos prisioneiros com as ferramentas apropriadas para remover qualquer fragmento e preparar as linhas. Use ar comprimido para soprar os retardatários. O torque correto dos parafusos do cabeçote é da maior importância. Qualquer interferência pode prejudicar as leituras de torque.

Etapa 5:

Ajuste a junta do cabeçote na orientação correta. Nunca use selante, a menos que seja especificamente solicitado pelo fabricante. As juntas de cabeçote que requerem selante geralmente são já preparadas para isso. O manual de serviço descreverá os locais e os requisitos do selante.

Etapa 6:

A sequência correta de aperto dos parafusos e o torque são essenciais para a vedação adequada da junta do cabeçote. Use parafusos novos, se necessário. Revista as roscas dos parafusos de cabeça com um pouco de óleo do motor antes de instalar. Siga sempre a sequência de aperto e as instruções de torque até o último detalhe.

Ficou alguma dúvida? Deixem nos comentários suas perguntas!

Deixe um comentário

  • (não será divulgado)